Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Maria Martins defende posição de apuramento olímpico
Equipa Portugal
Maria Martins estreou-se hoje no Campeonato do Mundo de Pista na categoria de elite, em Pruszków, Polónia, com o 14.º lugar na disciplina olímpica de omnium. É um resultado que mantém Portugal entre as nações que estão dentro dos lugares de apuramento para Tóquio no ranking de qualificação olímpica.

Maria Martins entrou com o pé direito na competição, conseguindo o décimo lugar em scratch. Seguiu-se uma participação menos conseguida, que valeu à portuguesa o 17.º posto na corrida tempo. A ribatejana foi 13.º em eliminação, chegando à corrida por pontos no 16.º lugar. Numa prova decisiva muito bem disputada, Maria Martins somou três pontos, o que lhe valeu fechar o omnium no 14.º lugar.

A participação portuguese no Mundial visa somar pontos para acalentar a esperança de qualificação para Tóquio. Neste aspeto, o desempenho de Maria Martins foi um sucesso, pois permite a Portugal subir uma posição no ranking de apuramento olímpico.

A presença em Tóquio na disciplina de omnium tem duas vias de qualificação. Oito vagas são preenchidas pelo ranking de madison e doze são garantidas pela tabela própria de omnium. Portugal não tem dupla de madison, pelo que se bate pelos restantes doze lugares. Após a prova desta sexta-feira, a Equipa Portugal está em oitavo nesta batalha pelas doze entradas diretas via omnium, um lugar acima do que ocupava antes do Mundial.

Ivo Oliveira também esteve em pista. Competiu na disciplina de perseguição individual, terminando no sexto lugar. O corredor português completou os 4 quilómetros em 4’14’’127, não conseguindo o objetivo de apurar-se para uma das finais, devido à quebra de desempenho na segunda metade da prova.

A final colocou frente a frente os campeões mundial e europeu em título. Brilhou mais alto o italiano Filippo Ganna, que conquistou a terceira camisola arco-íris da carreira, numa jornada em que pedalou, na qualificação e na final, em menos de 4m08s. A medalha de prata foi para o alemão Domenic Weinstein. O italiano Davide Plebani ficou com a medalha de bronze.

A luta pela qualificação olímpica prossegue neste sábado, através de João Matias, que compete no concurso masculino de omnium. O minhoto começa com o scratch, às 12h15, seguindo-se a corrida tempo, 14h30, eliminação, 17h15, e corrida por pontos, 18h25.
2019-03-01 - 20:20:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Ciclismo Vai Escola
Assembleia Geral
Documentos Assembleia Geral 31 março 2019
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais