Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Nélson Oliveira entre os melhores em Minsk
Equipa Portugal
Nélson Oliveira conquistou o 10.º lugar na corrida de fundo dos Jogos Europeus, em Minsk, na Bielorrússia. O atleta da Seleção Nacional revelou-se um dos protagonistas da jornada ao liderar a perseguição, nos últimos 15 km, à fuga que assinalaria o desfecho da prova. O triunfo, findas as 12 voltas ao circuito urbano de Minsk, foi pertença do italiano Davide Ballerini. O corredor transalpino surpreendeu os seus colegas de escapada ao atacar à porta do último quilómetro, antecipando uma eventual discussão ao sprint.

Sentindo o perigo do ataque dos rivais à entrada da última volta, Oliveira encabeçou a resposta da Seleção Nacional: primeiro no comando do pelotão e, posteriormente, liderando um grupo de seis unidades que se manteve a menos de 20 segundos do grupo da frente. No entanto, os esforços do anadiense não colheram a colaboração necessária na tarefa de perseguir os corredores que seguiam adiantados, limitando a entrega do título a um lote de seis corredores.

Ballerini cumpriu a distância em 4h10m06s antecipando-se, em 16 segundos, ao estoniano Alo Jakin e ao austríaco Daniel Auer. Oliveira chegou no grupo dos perseguidores, a 45 segundos do vencedor do dia.

Entre os demais representantes da Seleção Nacional, Daniel Mestre foi o 21.º classificado, Rafael Silva, 38.º, ambos a 54 segundos. César Martingil foi 71.º, a 1m08s do vencedor, enquanto que João Matias terminou a corrida no 92.º posto, a 6m32s do vencedor.

"Foi um resultado positivo do Nélson [Oliveira] ainda que não faça completa justiça ao seu trabalho. O Nélson esteve sempre bem colocado, a fuga da-se umas três ou quatro posições à sua frente e caso tivesse conseguido entrar, sem o natural desgaste da perseguição a que se sujeitou, o resultado poderia ter sido diferente. A corrida tornou-se dura e outro tipo de corredores conseguiu evidenciar-se aos finalizadores que esperavam uma chegada ao sprint. Foi uma jornada importante ainda pela rodagem proporcionada ao Nélson Oliveira na antevéspera da prova de contrarrelógio" avaliou o selecionador nacional José Poeira.

Os holofotes da comitiva portuguesa voltam a focar-se em Nélson Oliveira na prova de contrarrelógio individual dos Jogos Europeus a disputar, dia 25 de junho, na distância de 28,6 quilómetros (circuito de duas voltas).
2019-06-23 - 14:14:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Assembleia Geral
Documentos 2 novembro 2019
120 Anos FPC
Ciclismo Vai Escola
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais