Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Gotzon Martin conquista Abimota no cair do pano
Estrada
Quarta e última etapa do Grande Prémio Abimota redesenhou ordenamento final da corrida: espanhol Gotzon Martin foi consagrado como vencedor da classificação geral individual. Pedro Andrade venceu chegada em Águeda.

A conclusão do 40.º Grande Prémio Abimota voltou pautar-se pela surpresa e, tal como no ano passado, assitiu à mudança de camisola amarela na última etapa. Desta feita, o espanhol Gotzon Martin (Euskadi) foi quem festejou o triunfo à geral individual, deixando o anterior comandante, o compatriota Antonio Angulo (Efapel) relegado para a segunda posição, com um atraso de 53 segundos na classificação. César Fonte (W52-FC Porto) foi o terceiro classificado.

A última etapa, entre Anadia e Águeda, na distância de 174,5 quilómetros consagrou o ciclismo de ataque com uma fuga lançada ainda antes da passagem da das dificuldades montanhosas do dia. Com dois homens na frente da corrida, a Euskadi fez-se valer da sua ambição e, sacrificando as suas opções de vitória na etapa apostou na ataque à camisola amarela por parte de Gotzon Martin. O corredor basco, à partida da etapa estava atrasado em 15 segundos e começou a acreditar quando, já depois das passagens por Sever do Vouga e Talhadas a vantagem dos escapados rondava os quatro minutos. Com a corrida lançada, a Efapel procurou defender a camisola amarela de Angulo para claudicar perante a ousadia da formação do País Basco. Na chegada a Águeda, o quarteto sobrevivente da escapada inaugural discutiu entre si o triunfo tendo Pedro Andrade (Vito/Feirense/PNB) antecipado-se a Gotzon Martin e celebrado a primeira vitória entre os profissionais.

"Ainda me custa a acreditar, mas quando estava em fuga sabíamos que poderia acontecer. O último dia era o mais exigente desta competição. Nunca baixamos os braços e acabamos por ganhar. Estaremos a competir na Volta a Portugal pelo que esta vitória foi um excelente indicador", disse Gotzon Martin que, em Águeda, celebrou igualmente o seu primeiro triunfo como profissional.

A jornada mais exigente da 40.ª edição do Grande Prémio Abimota também alterou o figurino de algumas das classificações secundárias, com destaque para o triunfo coletivo da Vito-Feirense-PNB e da conquista do prémio da montanha por Patrick Videira (Fortunna-Maia). Antonio Angulo subiu ao pódio como vencedor da classificação por pontos e Jorge Magalhães (W52-FC Porto) conservou a camisola da juventude.

Classificações completas: Clique Aqui
2019-06-23 - 17:17:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
Assembleia Geral
Documentos 2 novembro 2019
120 Anos FPC
Ciclismo Vai Escola
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais