Facebook Youtube IPDJ Comité Olímpico Comité Paralímpico Confederação do Desporto Fundação do Desporto Centro de Alto Rendimento UCI UEC Jogos Santa Casa
Início UVP-FPC Equipa Portugal Estrada BTT BMX Pista Escolas Ciclocrosse Ciclismo para Todos
Filiações 2019
Área do Utilizador
Parceiros Oficiais
Vantagens Filiados
Vantagens Filiados
Calendários
Calendário Nacional FPC
Calendários Regionais
Info. Desportiva
Documentos/Formulários
Formação
Formação
Centros BTT
Documentação
Centros BTT
Regulamentos
Gerais
Estrada
Pista
BTT
BMX
Ciclocrosse
Trial
Escolas de Ciclismo
Ciclismo para Todos
Antidopagem
Arbitragem
Disciplina
Contactos
UVP-FPC
Associações
Organizador Provas
Notícias
 
Jorge Magalhães 46.º na etapa curta e dura da Volta a França do Futuro
Equipa Portugal
Jorge Magalhães, 46.º, foi hoje o melhor elemento da Equipa Portugal na oitava etapa da Volta a França do Futuro, uma ligação de apenas 23,1 quilómetros, sempre a subir, entre Brides-les-Bains e o Col de la Loze.

Apesar de curta, a etapa foi das mais duras da competição, porque a subida apresentava troços de grande inclinação, que provocaram grandes diferenças, mesmo entre os pretendentes às primeiras posições da classificação geral.

O australiano Alexander Evans impôs-se com 12 segundos de vantagem sobre o luxemburguês Michel Ries, ao passo que o francês Clément Champoussin fechou o pódio da jornada, a 24 segundos. O norueguês Tobias Foss, já com contrato com a Jumbo Visma para 2020, foi o quinto, a 42 segundos, e assumiu o comando da geral individual.

Entre os portugueses, Jorge Magalhães foi o que resistiu melhor às dificuldades, cortando a meta na 46.ª posição, a 8m29s. Guilherme Mota, dorido pela queda de ontem, foi o 66.º, a 9m57s, Gonçalo Carvalho ocupou o 102.º lugar, a 14m06s, e Francisco Campos cortou a meta no 107.º posto, a 14m44s.

A luta pela camisola amarela está animada. Tobias Foss passou para a frente, mas tem o estadunidense Matteo Jorgenson a 23 segundos e o italiano Giovanni Aleotti a 41, nas posições imediatas.

Gonçalo Carvalho permanece como melhor português na geral, no 48.º posto, a 45m52s, seguindo-se Guilherme Mota, 70.º, a 57m02s, Jorge Magalhães, 86.º, a 1h06m10s, e Francisco Campos, 111.º, a 1h36m18s.

A nona e penúltima etapa terá 67,2 quilómetros, unindo Villaroger a Tignes, com a meta coincidindo com um prémio de montanha de primeira categoria.
2019-08-23 - 17:17:00
Partilhar Facebook
« Voltar
 
 
120 Anos FPC
Ciclismo Vai Escola
Inscrições Online
História do Ciclismo
História do Ciclismo
Marcos Históricos
Palmarés das Corridas Portuguesas
Volta a Portugal
PNED
Lojas Oficiais
Redes Sociais
Site desenvolvido por: Cyclop Net - Desenvolvimento de Sites Profissionais